Abril 2014


Partilhar

Dezembro 2013




Dia 13 de Dezembro 2013| 22.00 h

FICHA TÉCNICA
Realização
Fede Alvarez
Ator / Atriz
Elizabeth Blackmore Jane LevyJessica Lucas Lou Taylor Pucci Shiloh Fernandez

SINOPSE
Com um novo elenco “Evil Dead - A Noite dos Mortos Vivos" é um filme de arrepiar que combina toda a emoção e sanguinolência do aclamado original, com uma série de chocantes twists. Mia, uma jovem cuja vida foi marcada por perdas e dependência, convida o seu irmão David, a namorada deste Natalie e os seus amigos de infância Olivia e Eric para uma cabana rústica de família para a ajudarem a superar os seus demónios. Na cabana, Mia destrói toda a sua reserva de drogas na frente dos seus amigos. No interior da cabana, eles ficam chocados ao descobrir que esta foi arrombada e que o porão foi transformado num grotesco altar rodeado de dezenas de animais mumificados. Eric fica fascinado com um livro antigo que encontra. Encantado com o seu conteúdo misterioso, ele lê o livro em voz alta, sem nunca pensar nas consequências que está prestes a desencadear. Com a dependência de Mia a piorar, ela tenta fugir mas volta atrás depois de ter uma assustadora visão. Na cabana, o seu comportamento torna-se tão violento que os seus amigos vêem-se forçados a prendê-la. Presos na cabana devido a uma perigosa tempestade, começam a virar-se uns contra os outros. Conforme a brutalidade dos seus ataques aumenta, David é confrontado com uma escolha inimaginável. In cinema Sapo





Dia 1 de Dezembro 2013| 16.00 h

Monstros: A Universidade


Título original:
Monsters University
De:
Dan Scanlon
Com:
Billy Crystal (Voz)John Goodman (Voz)Steve Buscemi (Voz)
Género:
Animação, Comédia
Classificação:
M/6
Outros dados:
EUA, 2013, Cores, 110 min.
Links:
Site Oficial
Quando, há mais de uma década, conhecemos os monstros James P. "Sulley" Sullivan e Mike Wazowski, pudemos perceber como funciona uma fábrica de sustos: o que fazem, como são e qual o objectivo de aterrorizar as criancinhas. O que ainda não nos tinha sido revelado era qual a formação ou grau académico necessário para cada função. Por esse motivo, recuando dez anos, vamos ter oportunidade de conhecer os nossos heróis no seu percurso universitário. Nessa época, eles eram jovens e inconscientes, e a sua existência variava entre ódios de estimação e a camaradagem sem igual…
Com realização de Dan Scanlon, “Monstros: A Universidade” é a “prequela” de “Monstros e Companhia”, uma comédia de animação sobre a força da amizade na juventude. O filme conta com as vozes de Billy Crystal, John Goodman, Steve Buscemi, Helen Mirren e Alfred Molina. PÚBLICO



Partilhar

Novembro 2013


Dia 29 de Novembro 2013 | 22.00 h

Scary Movie 5: Um Mítico Susto de Filme

Título original:
Scary Movie 5
De:
Malcolm D. Lee
Com:
Ashley TisdaleCharlie SheenSimon RexLindsay LohanMike Tyson
Género:
Comédia
Classificação:
M/12
Outros dados:
EUA, 2013, Cores
Dan e Jody formam um jovem casal a viver a mágica experiencia do nascimento do seu primeiro filho. Até que as suas vidas começam a ser atormentadas por fenómenos inexplicáveis. Os dois acabam por concluir que a sua família está a ser perseguida por um perigoso demónio. É então que, com a ajuda de um perito em actividades paranormais e de um conjunto de câmaras de vigilância, vão tentar esconjurar o demónio.
Quinto filme da saga "Scary Movie", uma paródia a alguns dos mais conhecidos filmes de terror dos últimos anos, desde "Actividade Paranormal" e "Sinister - Entidade do Mal" até "A Noite dos Mortos Vivos" ou "A Origem". Entre o elenco, Ashley Tisdale, Charlie Sheen, Lindsay Lohan, Snoop Dogg, Terry Crews, Jerry O'Connell, Kate Walsh, Heather Locklear, Mac Miller e Mike Tyson. PÚBLICO























Partilhar

Cinema 2013


A Ressaca - Parte III     (Sexta-Feira 29/11/2013 ) 22.00h

Título original:
The Hangover part III
De:
Todd Phillips
Com:
Bradley CooperZach GalifianakisJohn GoodmanMelissa McCarthy
Género:
Comédia
Classificação:
M/16
Outros dados:
EUA, 2013, Cores, 100 min.
Depois de sobreviverem (quase) incólumes às perigosas aventuras de Los Angeles e, mais recentemente, Banguecoque, Phil, Stu, Alan e Doug (Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis e Justin Bartha) estão de regresso às salas de cinema. Com o trágico falecimento do pai, Alan perdeu toda a alegria de viver e parece que nada, nem ninguém, o consegue tirar da prostração em que se encontra. Preocupado, Doug sugere que ele vá até New Horizons, uma instituição de saúde mental reconhecida pelos seus resultados em situações como esta. Alan aceita a sugestão apenas se Doug, Phil e Stu – a “matilha” do costume – concordarem em levá-lo. Este é o início de uma longa viagem, que apenas é interrompida quando são abordados pelos capangas de um traficante decidido a encontrar Mr. Chow (Ken Jeong), que desapareceu do mapa depois de lhe ter aplicado um golpe milionário. Convicto que Mr. Chow se mantém em contacto com os ex-companheiros, ele rapta Doug, que apenas devolverá em troca do impostor. De maneira a salvar o amigo de uma morte lenta e dolorosa, o trio vai ter de usar de toda a sua imaginação e coragem...
Novamente assinado por Todd Phillips, esta é a terceira e última parte da série iniciada em 2009, que se tornou um dos maiores sucessos de bilheteira de todos os tempos. A juntar-se à façanha temos ainda Melissa McCarthy, Mike Epps e John Goodman.
  IN PÚBLICO
Partilhar

Setembro 2013





Partilhar

Dezembro 2012













Partilhar

Novembro 2012




Partilhar

Outubro 2012




Partilhar

Junho 2012


Mensagem do Presidente por ocasião das Comemorações do
17º Aniversário da Elevação de Gonçalo a Vila


Meus Caros Concidadãos e Amigos Gonçalenses,
Assinalamos hoje, dia 21 de Junho, o 17º Aniversário da elevação da Freguesia de Gonçalo à categoria de Vila. Celebrar a Vila de Gonçalo é celebrar os Gonçalenses, cada homem e cada mulher, cada idoso, cada jovem, cada criança, cada rosto, mais alegre ou mais entristecido pelas amarguras da vida. Celebrar a Vila de Gonçalo é celebrar a minha gente. Gente de grande valor e com grande garra, gente com quem cresci e aprendi a fazer-me à vida, a aceitar os desafios, a rir nos bons momentos e a chorar naqueles que não me são de feição…
Celebrar a Vila Gonçalo é celebrar, também, com alegria, uma parte da minha própria vida que entreguei, de alma e coração, ao longo da última década, às suas causas, ao seu serviço…
Celebrar a Vila de Gonçalo é lembrar as suas vitórias, tentar ultrapassar e conviver com as suas derrotas, retirar da vontade da sua gente a força necessária para continuar a lutar pelas causas e pelos desafios futuros…
Celebrar a Vila de Gonçalo é ter a possibilidade de sentir, em cada dia, o pulsar de gente de coração grande, de coração generoso, de coração aberto aos tempos do novo Tempo…
O momento que vivemos é para muitos, bem o sabemos, de grande angústia e de grande aflição. Infelizmente, tomáramos todos nós que este momento fosse de “oportunidades” e de “esperança”, como nos dizem ou querem fazer entender.
Mas, a verdade é que (con)vivivemos, em cada dia, com mais receio, com mais incerteza e com mais desemprego.
Todos os dias louvo a Deus pelas nossas raízes tão profundas que nos ligam à nossa terra e que têm livrado a nossa Vila de Gonçalo desse fenómeno de desertificação massiva e repentina que assola tantas Freguesias à nossa volta e na nossa região interior.
Hoje, mais que nunca, reafirmo a minha convicção de que a construção do nosso Centro Escolar foi determinante para retirar do horizonte da nossa terra, de uma vez por todas, essa ameaça entristecedora de ver morrer as nossas terras sem crianças e sem gente.
Hoje, mais do que nunca, penso que foi acertada a nossa estratégia de investimento, forte, em áreas tão sensíveis e essenciais para o progresso humano como a cultura e a educação.

Não posso deixar, no entanto, de salientar e de lamentar, profundamente, que para a Câmara Municipal da Guarda e para o Governo Central deste país a programação e dinamização do Edifício Cultural de Gonçalo (a grande casa do Povo de Gonçalo – espaço de cultura, de saber e de convívio) não seja uma prioridade.
A crise não pode ser desculpa para tudo!... E a verdade é que, tal como dizia o Pe. António Vieira, mais uma vez “os grandes comem os pequenos”…
Ainda assim, estou convencido que a crise vai passar e que aquele espaço cultural com que tanto sonhámos e que construímos com tanta vontade e convicção voltará a ser referência cultural.
Mas o que se fez e o que se construiu é passado… e para a Vila de Gonçalo o mais importante será, sempre, o futuro.
Por isso, por ocasião desta data tão importante gostaria que soubessem que amo a minha terra como a minha própria vida e com um amor que vem cá de dentro, do meu ser, da minha alma…
Naturalmente que estas palavras carregadas de sentimento e de paixão vo-las hei-de dizer e repetir, cara a cara, olhos nos olhos, daqui a pouco mais de um ano, no momento em que estiver para cessar, definitivamente, o exercício das minhas funções de vosso Presidente de Junta.
Mas achei que era oportuno e importante dizer-vos, neste momento, que todos vós, meus amigos Gonçalenses, sois realmente importantes para mim.
Caminho a passos largos para o final do meu ciclo de trabalho à frente dos destinos da Vila de Gonçalo, uma terra que cresceu e é hoje (independentemente das suas limitações) uma Freguesia que ganhou uma nova centralidade no sul do concelho da Guarda.
Mas se é verdade que o que faz um bom filme não é o guião, mas sim a qualidade dos actores que o interpretam, permitam-me uma palavra de agradecimento ao trabalho e ao sacrifício da equipa que me tem acompanhado no executivo da Junta de Freguesia de Gonçalo, com lealdade e solidariedade, ao longo desta década de trabalho.
Celebrar 17 anos de vida significa, também, caros amigos, que a nossa Vila atingirá, em breve, “a maioridade”. Para o ano celebraremos uma Vila de Gonçalo “maior” que terá que ser capaz de dar mais um passo em frente, de iniciar mais um caminho na sua história, com a garra do seu povo, com o seu inconformismo natural, com a irreverência que a caracteriza e com os sinais e as evidências dos novos Tempos…
Para o ano a Vila de Gonçalo caminhará sem medo, nos trilhos certos (assim eu penso) deixados na Terra nos momentos certos que hão-de fazer sentido algum dia, num futuro próximo de nós…
Viver este momento de festa tem que despertar em nós, Gonçalenses, sentimentos de alegria e de orgulho por tudo aquilo que somos e pela Vila de Gonçalo que construímos.
É certo que nos falta o emprego enquanto factor de competitividade e de riqueza e é verdade que não têm tido sucesso as nossas inúmeras tentativas de recuperar a cestaria, mais do que como uma identidade, como um modo de vida e de trabalho para a nossa terra e para a nossa gente. Se muito temos feito nesta matéria, embora sem os resultados desejados, muito mais há, ainda, para fazer, pois nunca é tarde para recomeçar um trabalho ou reajustar uma estratégia. E, como bem escreveu um dia Miguel Torga: “Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.”
Tudo está em aberto… e há muitos dados lançados, muitos projetos abraçados que ainda poderão vir a dar bons frutos. Não há que ter medo de recomeçar…
Neste dia de comemorações em que lembramos a história da nossa terra e invocamos o povo que com as suas acções a escreveu ao longo dos anos, permitam-me que invoque a memória do homem que liderava os destinos desta terra no ano em que Gonçalo foi elevado a Vila, em 21 de Junho de 1995.
Permitam-me que invoque a memória do Presidente Amadeu Pereira Bidarra, que este ano nos deixou, e que sublinhe aqui o elevado sentido de responsabilidade e dedicação com que governou a Vila de Gonçalo durante mais de duas décadas.
Permitam-me, também, uma palavra especial aos nossos emigrantes e também aos nossos migrantes que espalhados pelo país e pelo mundo não deixarão de se querer associar a este importante momento de celebração e de união de todos os Gonçalenses.
A vida e os seus contornos fez com que muitos, ao longo dos anos, se afastassem da nossa terra mas, onde quer que se encontrem, carregam no peito o mesmo sentimento de amor à nossa Vila de Gonçalo, esse sentimento forte que nos une enquanto povo.
Sinto que já vai longa esta minha pequena mensagem e por isso terei forçosamente que me aproximar do seu fim.
E, no fim, só posso falar de futuro… pois, tal como já foi dito anteriormente, à nossa Vila de Gonçalo interessa, apenas, o futuro…
E, é nesse sentido que reafirmo a minha disponibilidade para continuar a trabalhar, conjuntamente com os meus colegas de executivo, com o mesmo afinco, com a mesma ambição, com a mesma determinação e com a mesma convicção de sempre, até ao último dia do mandato para o qual, vós Gonçalenses, nos elegestes com clareza e objectividade. (Afinal, ainda falta concluir, entre outras coisas, as obras da Avenida e inaugurar a Sede do nosso querido Sport Clube Gonçalense).

Neste momento em que evocamos o 17º Aniversário da Elevação de Gonçalo a Vila, reitero o meu compromisso leal e verdadeiro para com cada um dos Gonçalenses, pois sempre senti o conforto de ser o Presidente de todos e para todos.
Gonçalo, no futuro, há-de ser aquilo por que nós, teimosamente lutemos, com ambição e determinação. Afinal de contas somos “terra de artistas com arte que impõem em toda parte o seu saber bem patente” e Gonçalo terá sempre “a sua fé no destino, pois apesar de pequenino, tem alma que vibra e sente”
Mas, porque é de futuro que falamos, não resisto a fazer minhas as palavras de Fernando Pessoa e que muito espelham os meus pensamentos:
“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”
Que ao celebrar o 17º Aniversário da Elevação de Gonçalo a Vila todos festejemos alegremente a nossa terra, pois tenho a certeza de que a Vila de Gonçalo é o grande orgulho de todos os Gonçalenses que a sentem e vivem verdadeiramente.
Parabéns a todos!
Viva a Vila de Gonçalo!
Vivam os Gonçalenses!

Gonçalo, 21 de Junho de 2012

O Presidente da Junta

Pedro Miguel da Silva Pires








Cartaz das Festividades





Partilhar

Março de 2012




Partilhar

Fevereiro 2012


Partilhar

Dezembro 2011


Partilhar

Novembro 2011

.Dia 12 de Novembro 
.22 horas










Partilhar

Outubro 2011


Partilhar

Agosto 2011

Partilhar

Festas da Vila 2011


Partilhar

Actividades Sport Clube Gonçalense








Partilhar

Agenda 2011






Partilhar

Actuação SEX IANUAE

No passado dia 23 de Abril decorreu em Gonçalo, mais propriamente, no Auditório do Edifício Cultural, a actuação do grupo SEX IANUAE, provenientes da Cidade de Pinhel.
Afirmam-se como um grupo jovem, com uma sonoridade própria recorrendo a instrumentos tradicionais Portugueses, Galegos etc...
As músicas, muitas delas originais de um ímpeto Folk Tradicional muito bem conseguido.
Alguns temas do nosso tradicional Português com arranjos melódicos diversificados recorrendo à vasta sonoridade dos diversos instrumentos apresentados durante o espectáculo.
Sem dúvida um bom exemplo da riqueza cultural que a nossa região possui, um espectáculo digno de registo, numa das várias actividades que o Edifício Cultural de Gonçalo com o apoio incondicional da Junta de Freguesia apresentou à população …



Sr.ª do Almurtão ao vivo no Auditório Prof António Augusto Alves Amaral, em Gonçalo!

video



































































Partilhar

Acerca de mim

A Vila de Gonçalo é uma freguesia do concelho da Guarda, Beira-Alta, faz fronteira com o concelho de Belmonte distrito de Castelo Branco, Beira-Baixa.

Procura